Capela Nossa Senhora da Graça/ Santa Leocádia (Marujal)

Dados do Património
Nome: Capela Nossa Senhora da Graça/ Santa Leocádia (Marujal)

 
Localizada no lugar do Marujal e fazia parte de uma quinta com a mesma designação. Construção quinhentista com cabeceira em corpo destacado com abóbada de cúpula circular. Teria as imagens de Nossa Senhora da Graça e Santa Leocádia num retábulo de pedra dividido em três nichos, outrora policromado. Tinha ainda uma pequena sacristia.
Esta quinta pertencia a Manuel Baía em 1720. A tradição refere que esta capela também teve a invocação de Santa Leocádia e foi paróquia em tempos recuados. Segundo informações de moradores do lugar, já no século XX foi assaltada e despojada das suas imagens e em Junho de 2001 foi novamente alvo de actos de vandalismo, onde tentaram levar partes de colunas e outras pedras.
Segundo a lenda, a imagem de Santa Leocádia apareceu num monte de pedras soltas. Foi levada para a ermida, mas para espanto de todos, ela fugiu do altar. Foi encontrada no monte com a imagem de N. S.ª da Graça. Foram então levadas para a ermida de onde não mais saíram. Era local de eleição para enterramentos dos moradores do Marujal. O primeiro enterramento diz respeito a Manuel Nunes, a 1 de Julho de 1620.